Área do Cliente
Nasa prepara lançamento de mais dois satélites de previsão climática

Com o objetivo de aprimorar a detecção de fenômenos climáticos, tais como os raios, engenheiros da Lockheed Martin criaram quatro satélites do tipo GOES (Satélites Ambientais Operacionais Geoestacionários), dos quais metade já foi lançada ao espaço.

Agora, com os próximos satélites a serem colocados em órbita em 2021 e 2024, respectivamente, também será possível coletar dados suficientes para alimentar com precisão modelos de previsões meteorológicas da Nasa.

Os satélites possuem uma variedade de instrumentos de detecção que podem captar diversos fenômenos - desde plumas vulcânicas até o clima espacial. Quando em órbita, eles se assemelham a câmeras de filme antigas apontadas para a Terra. Na parte em que a lente estaria, existe um dispositivo capaz de captar raios.
Além disso, os equipamentos podem ajudar a identificar o início de tempestades severas, indicados pelo aumento da atividade elétrica na atmosfera.

O projeto total contou com investimento de quase US$ 10,8 bilhões. Para se ter ideia da magnitude e importância do experimento, o primeiro satélite, lançado em 2016, coletou mais dados do que 15 projetos semelhantes já acumularam em quatro décadas.

Fonte: Olhar Digital - 27/02/2020