Área do Cliente
Veja quais são os descontos no salário de quem tem carteira assinada

O trabalhador que possui carteira assinada sabe que o valor do seu salário não é o mesmo que cai na sua conta no fim do mês. O dinheiro que ele recebe na prática é o salário líquido, que é o que sobra após os descontos.

Os principais deles são a contribuição previdenciária para o INSS e o Imposto de Renda. Uma vez por ano tem também a contribuição sindical, que hoje é obrigatória, mas será opcional quando entrar em vigor a nova lei trabalhista.

Dependendo da empresa, também podem ser descontadas do salário outras contribuições, como plano de saúde, vale refeição e o vale transporte.

Entenda os principais descontos

INSS
A contribuição é calculada de acordo com o valor da remuneração, podendo variar entre 8% e 11% do total recebido.

Imposto de Renda
O desconto do IR é feito sobre o valor do salário, depois de subtrair o INSS e o valor para cada número de dependentes legais.

Contribuição sindical
O empregado tem um dia de trabalho descontado da folha de pagamento. O desconto, que atualmente é obrigatório, será facultativo quando entrar em vigor a nova lei trabalhista.

Ausências
Atrasos e faltas também serão descontados na folha se o trabalhador não justificar suas ausências.

Benefícios
As empresas que oferecem benefícios como vale-transporte, vale-refeição e plano de saúde podem compartilhar o custo do benefício com os trabalhadores. Parte do valor, portanto, é descontado do salário do empregado automaticamente.

Fonte: g1.globo